Responsabilidade Ambiental

Uma Estratégia de Longo Prazo

O Grupo Faber-Castell tem uma pegada de carbono positiva

Pegada de Carbono Positiva da Faber-Castell

O Grupo Faber-Castell registra sistematicamente as emissões de gases de efeito estufa, a fim de identificar áreas potenciais de otimização. Estes registros são especialmente importantes como meios de aumentar a utilização de energias renováveis e medir objetivamente o impacto positivo das plantações florestais da empresa.

Em julho de 2011, a pegada de carbono do Grupo Faber-Castell foi avaliada e certificada pela TÜV Rheinland e é provada de acordo com o padrão internacional ISO 14064. Nossas florestas administradas pela empresa fazem do Grupo Faber-Castell uma das poucas companhias que absorve o dióxido de carbono consideravelmente mais do que produz.

Plântulas da Faber-Castell em Prata, Brasil

Projeto Florestal no Brasil

A Faber-Castell iniciou um projeto pioneiro de plantação há aproximadamente três décadas/em antigas pastagens com um solo arenoso pobre; ele provou ser um projeto florestal de caráter único no setor, localizada no meio da savana Brasileira perto de Prata (estado de Minas Gerais), a mais de 2,500 quilômetros de distância da Floresta Amazônica. Ele cobre atualmente 10,000 hectares.

Lobo-guará no Brasil

Síntese de Ecologia e Economia

Nosso compromisso com o meio ambiente não se restringe à produção. No Brasil, por exemplo, a Faber-Castell fez uma contribuição ativa com os projetos Arboris, Animalis, e ECOmmunity desde 2001. O objetivo é preservar a flora e fauna natural na região dos arredores de Prata, e criar conscientização entre os funcionários e a população em geral para que eles sejam motivados a cuidar do meio ambiente natural.

Plantação da Faber-Castell em Prata, Brasil

Silvicultura Sustentável Certificada

Desde 1999, as plantações Faber-Castell também foram certificadas pelo Forest Stewardship Council® (Conselho de Manejo Florestal): um padrão internacional exigido para “silvicultura compatível com o ambiente, socialmente equitativa e, sustentável”. O certificado de Cadeia de Custódia (CDC) garante ainda que a origem da madeira possa ser rastreada desde a colheita da madeira até embalagem dos lápis.